Site, E-commerce, Hotsite, One page ou Landing page. Qual a diferença?

Detalhe Magno

Entre as dúvidas mais comuns no marketing digital, está a diferença entre os diversos modelos de páginas da internet. Vamos entender o que são cada um desses modelos e o que determina as características específicas de cada um.

Entender a diferença entre esses termos trará mais clareza para planejar estratégias de marketing futuras com maior chances de alcançar o objetivo desejado, além de passar uma imagem mais profissional e garantir melhores resultados.

Vamos iniciar pelo termo mais conhecido e que geralmente é utilizado até mesmo para descrever os demais modelos de páginas de internet: os sites. É bem comum das pessoas acessarem um hot site, ou uma landing page por exemplo, e a chamarem de site, pois é o termo mais conhecido. Entretanto, nesse artigo vamos entender as características específicas de cada um, com o objetivo de poder auxiliar no planejamento das estratégias corretas de marketing digital.

 

Sites

Para as empresas, os sites geralmente representam o centro da presença online. Que transmite todas as informações necessárias sobre o negócio. E para transmitir todas essas informações, as páginas precisam ser organizadas numa hierarquia que o visitante compreenda facilmente e consiga navegar sem dificuldades.

Acessamos sites o tempo inteiro na internet, neste momento mesmo você está dentro de um site, é o modelo mais comum que encontramos, e representa um conjunto de páginas que armazenam conteúdos sobre determinado assunto. No caso de empresas o conteúdo que costuma ter em sites são:

  • Material institucional para apresentar a empresa no ambiente online;
  • Divulgar produtos/serviços com detalhes;
  • Depoimentos de clientes;
  • Notícias sobre o negócio;
  • Blog (Podem ser trabalhados de forma independente também);
  • Formulários de contatos, entre outros;
  • Sessões privadas com acesso por usuário e senha (Onde colaboradores/clientes possam baixar materiais, ou acessar conteúdos privados.)

 

A organização do conteúdo é essencial para proporcionar uma boa experiência ao usuário, que o faça encontrar o que deseja e para ter uma boa percepção sobre a empresa.

Diferente de e-commerce, um site não serve para vender o produto de maneira direta e sim para destacar e enaltecer a marca no mundo digital de maneira clara e dinâmica.

Mesmo não trabalhando com venda direta, através dele é possível trabalhar uma série de estratégias de marketing em mídias sociais e links patrocinados, que tendem a otimizar os resultados obtidos, oportunizando solicitações de orçamento e aumentando a presença digital da marca. 

Sites ainda são divididos em puramente institucional e sites dinâmicos.


Site Institucional:
Mais utilizado para empresas que já possuem um público cativo, que já conhece os produtos e serviços que a organização desenvolve. Funciona como um cartão de visitas online, contam com sessões mais descritivas sobre a empresa, e conteúdo mais estáticos, uma estratégia utilizada para torná-los um pouco mais dinâmico são os Blogs, o que possibilita ranquear melhor as páginas no Google pois trazem novos conteúdos periodicamente ao site. Sites estáticos são mais utilizados para empresas como escritórios de advocacia e contabilidade.


Site Dinâmico:
 São os que possuem diversas sessões diferentes de conteúdo, é o tipo de página que contribui muito para ações mais efetivas de marketing digital, já que não se limita em novos conteúdos. É possível adicionar dicas e informações importantes para cativar o cliente. É utilizado em empresas de diversos portes, trazendo bons resultados para quem deseja melhorar o alcance na internet. São bastante utilizados em empresas que variam os produtos/serviços oferecidos, e que tenham conteúdo para atualizar periodicamente, utilizado por exemplo em agências de viagens, empresas de software, indústrias, entre outros.

 

E-commerce

Também conhecido como loja virtual, é um tipo de site focado em vendas de produtos/serviços online. Pode ser tanto para consumidor final quanto para outras empresas.

É indicado para quem deseja expandir o negócio, pois tem alcance maior que um estabelecimento físico além de estar 24 horas por dia online.

Esse tipo de site deve transparecer uma imagem de profissionalismo segurança para os usuários, pois envolvem transações financeiras e necessita que o usuário disponibilize dados como endereço e cartão de crédito por exemplo. Caso transpareça uma imagem contrária, pode ser ruim para a marca e para as vendas.

São sites muito bons para lojas de roupas, calçados ou mesmo serviços de delivery, e outros formatos diversos de vendas. É imprescindível que seja responsivo e que seja constantemente atualizado.

Confira mais sobre esse modelo clicando aqui.

 

Hotsite

O Hotsite é um site sazonal, utilizado para promoção de um evento, uma campanha de marketing online, ou para fazer o lançamento de um produto/serviço, por exemplo.

Sua principal diferença para um site tradicional, é que ele é temporário e com o principal objetivo de divulgar algo específico e com destaque, permite trabalhar um design de página bem elaborado e diferente do padrão seguido no site, para chamar a atenção do usuário.

Ter um hotsite não supre a necessidade de ter um site, pois para conseguir hospedar um hotsite é preciso ter um domínio já contratado, e por ele ser sazonal, precisa estar vinculado a um site para trazer ainda mais credibilidade ao usuário.

 

Site One Page

Contem geralmente o conteúdo de um site tradicional, porém, com as informações condensadas em apenas uma página. Esse tipo de site precisa de mais atenção ainda ao design, para que toda a informação seja compreensível, pois é somente nessa única página que estarão todas as informações da empresa. Deve seguir uma sequência lógica, como se contasse uma história.

O conteúdo principal sempre estará nesta página única, assim quando clicar nos itens do menu, o cursor rola na mesma página até levar ao local que contenha o conteúdo desejado.

Não é comum mas pode ser que contenha páginas adicionais, que complementem algum conteúdo da página principal, são geralmente utilizadas para recursos como Blogs e mídias sociais para aumentar a interação de conteúdos com o cliente.

 

Landing Page

São páginas com o objetivo de levar o visitante a realizar uma determinada ação, sem nenhuma distração, como baixar um e-book gratuito, realizar o pagamento de uma mercadoria, acessar um vídeo ou algum outro conteúdo especial de interesse de um público alvo.

Para realizar a ação o objetivo desse modelo de página é que o usuário disponibilize alguns dados de cadastro onde a empresa vai poder observar quem são os interessados em um produto ou serviço que a empresa oferece.

Essas páginas não tem nenhum tipo de menu nem rodapé, e evitam qualquer meio de distração ao usuário. Possuem chamadas para uma ação bem destacadas como: faça download; acesse o nosso conteúdo; compre agora, ou outra alternativa.

Muitas dessas páginas possuem um vídeo com reprodução automática para incentivar que o visitante faça a ação desejada. Nesse modelo de página, as informações precisam ser objetivas e claras, com conteúdo persuasivo, e os resultados são monitorados o tempo todo com o objetivo de encontrar gargalos e melhorar os resultados.

 

Podemos observar que são diversas nomenclaturas, e todos com objetivos bem distintos, com focos diferentes, saber diferenciar os tipos de modelos de sites ajuda a criar opções e estratégias muito mais interessantes para público. Porém, vale lembrar que em todas as alternativas para serem efetivas e gerar um número significativo de visitantes, é necessário desenvolver boas estratégias de SEO, de marketing de conteúdo e de presença nas redes sociais. Além do cuidado constante com os relatórios para guiar as estratégias a serem seguidas.


Por: Lucimar Schutz


Outras matérias

Detalhe Magno
Logo Magno
Whatsapp